"Um mundo melhor começa na nossa casa."

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Acabei de ler e recomendo em especial a pessoas como eu. O maior bicho papão que existe e me assusta é realmente o Cancro só de ouvir prenunciar a palavra ... assusta, este livro ajudou-me um bocadinho a digerir o assunto especialmente por ser uma história real contada na primeira pessoa. Recomendo vivamente !

À Noite Sonhei Que Tinha Peito

FaceBook  Twitter

Autora: Mariela Michelena
Edição: 2010
Páginas: 208
Editor: Esfera dos Livros


Ontem à noite descobri um pequeno caroço num peito. Um caroço indiscutível que não conheço.Toco-o e ele move-se acompanhando o ritmo dos meus dedos mas, por mais que lhe mexa, não desaparece. Continuo a ter um pequeno caroço. Tenho um pequeno caroço? Como é possível que estes peitos tão pequenos, que nunca serviram nem para seduzir nem para amamentar, tenham um caroço? É assim que se inicia um relato emocionante na primeira pessoa de uma mulher com cancro da mama.
De um dia para o outro, Mariela Michelena, uma psicanalista dinâmica, sonhadora, no auge da sua vida pessoal e profissional, vê a vida fugir-lhe por entre os dedos. Ao longo de quase um ano de tratamentos, acompanhamos a vida desta mulher. As suas dúvidas e incertezas, a relação com o marido, as amigas solidárias, os sentimentos contraditórios, o sofrimento e a dor que transformam este livro num testemunho único e comovedor onde a palavra de ordem é a sinceridade. Uma sinceridade perturbadora. Mariela Michelena, autora de Mulheres Mal-Amadas, rejeita a frase "não se passa nada", o sorriso e o optimismo quase obrigatórios na sociedade em que vivemos. Em troca convida o leitor a uma viagem verdadeira e real, onde ecoa a voz de um sofrimento a que todos os que passam por esta doença têm direito.



Autora:
Mariela Michelena é psicanalista e membro da Associação Psicanalítica de Madrid (Associação Psicanalítica Internacional). Desenvolveu a sua prática clínica em Caracas, Houston e Lima. Actualmente exerce no seu consultório de Madrid. Publicou Un año para toda la vida (2002) e Saber y no saber. Curiosidade sexual infantil (2006). Em Portugal, pela Esfera dos Livros, editou comgrande sucesso Mulheres Mal Amadas.

Obrigado pela Visita :)

Obrigado pela Visita :)